sábado, 31 de janeiro de 2015

CONSULTÓRIO DE RUA É APROVADO COM RESSALVAS.

Hoje 31 de janeiro aconteceu entre outros assuntos a votação da implantação do CONSULTÓRIO DE RUA na  CAP 5.1, antes da votação a coordenadora da saúde mental, Simone Pires e a coordenadora da CAP 5.1 Tatiane Caldeira explicou como funcionará o projeto, informou que o projeto atenderá apenas as pessoas em situação de rua e  fazem uso de Álcool e Drogas, os dependentes que estão em comunidades fora das áreas que serão visitadas só serão atendidos casos eles estejam na rua, caso esteja em família a mesma deve encaminhá-los para os postos de saúde das comunidades ou Clínicas de famílias. foi questionado pelos presente que no mapa não aparece crianças dependentes químicos e sabemos que muitos menores estão juntos de jovens e adultos nas ruas usando drogas, foi questionado porque apenas 3 agentes sociais para cadastrar todas as pessoas a coordenadora informou que não só os 3 agentes mas também todos os profissionais estarão mobilizados para fazer o cadastramentos desses usuários a família também será atendidas pela equipe.
Outro assunto que chamou atenção foi que segundo a coordenadora a mortalidade infantil caiu muito em nossa  área, porém a coordenadora está muito preocupada com a área de Senador Camará e Vila Aliança, essa situação não mudou muito. Disse que também foi reduzido bastante o abandono da tuberculose que era de 28%  e agora está em 11%, e que na semana de 26 a 30 de janeiro nos CMS houve captação de pacientes suspeito de Hanseníase.
Esteve presente o Srº Daniel Ferreira representante do Vice Prefeito Adilson Pires que não compareceu devido a agenda oficial disse que o vice  prefeito estará presente na reunião de fevereiro, informou que a Clínica de família de  Vila Aliança será inaugurada na primeira semana de Março.
POR:EDILSON ADAD

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Tião Santos idealizador das rádios comunitárias

Tião Santos coordenador do VIVA RIO e IDEALIZADOR das rádios comunitárias do Brasil em entrevista ao blog: adadedilson,  diz que Lula e Dilma tem a Presidência da República mas não o poder de legalizar as Rádios Comunitárias. ENQUANTO NÃO MUDAR O PODER, NÃO BASTA TER O GOVERNO NA MÃO

adadedilson-Você diz que está preocupado com o distanciamento das rádios comunitárias da comunidade.

Tião Santos-Um prazer de falar com você, minha preocupação é que algumas rádios comunitárias estão se afastando das comunidades, elas tiveram  muita força no Brasil o importante  é que as rádios estejam abertas para as entidades setores culturais.

adadedilson- Estamos sabendo que muitas rádios comunitárias de Santa Catarina já conseguiram a outorga (autorização), para o funcionamento e tudo aconteceu aqui no RJ, o que aconteceu.

Tião Santos- O que nós observamos no Brasil,   é que o grande monopólio das rádios comerciais estão instaladas aqui no Rio de Janeiro, a gente percebe que isso tem um  entrave politico, eles não querem concorrentes eles fazem força dentro do Congresso Nacional e no Ministérios das Comunicações para que as rádios comunitárias do RJ não tenham autorizações, isso é pura reserva de mercado injusta acho que há espaço para todos, rádios comunitárias, religiosas e de governo o AR é livre e todos tem o direito de usar esse AR.

adadedilson- Falando de governo, nós passamos 2 governos de Lula e um governo da Dilma e nós achávamos que conseguiríamos essa outorga no Brasil o que houve para não acontecer.

Tião Santos- Quando o Lula se elegeu em 2002 eu participei de um congresso na UERJ e alguém me fez essa pergunta, será que com o governo Lula e com o PT no governo as rádios comunitárias irão chegar ao paraíso e eu respondi que o Lula seria o Presidente da República, ele teria o governo nas mãos e não o poder, uma coisa é o governo outra coisa é o poder,o poder esta estabelecido no Brasil a 500 anos, são as mesmas  elites que estão por trás mandando nesse país , embora  nós temos um governo popular, embora tenha sido 2 mandatos do governo Lula e um do governo Dilma eu acho que o poder é o mesmo cabe a população mudar essa lógica de governo onde as pessoas das rádios comunitárias e das comunidades tem mais vez e mais voz, ENQUANTO NÃO MUDAR O PODER, NÃO BASTA TER O  GOVERNO NA MÃO.

adadedilson. Tião muitas rádios comunitárias estão longe dos movimentos comunitários.O que você propõe?

Tião Santos- Minha proposta é que o movimento se aproxime das rádios, volte a visitar as rádios, volte a ser uma ferramenta de apoio às rádios comunitárias, volte a buscar recursos para ajuda-lá, tem gente nova chegando nas rádios e elas tem que  ser preparadas e capacitadas para ajudar o movimento se não fizer isso a pressão vai aumentar, então é que o movimento se aproxime das rádios.

POR: EDILSON ADAD

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

CONSULTÓRIO DE RUA

PREFEITURA LANÇA CONSULTÓRIO DE RUA NO RIO DE JANEIRO.


A Prefeitura do Rio de Janeiro estará lançando consultórios de rua para atender a dependentes químicos, em reunião no Conselho de Saúde a representante da CAP 5.1(Coordenação de Saúde de Bangu), diz que a equipe contará com profissionais que já estão atuando nas equipes da Saúde da Família  e que foram escolhidos pelas gerentes das Clinicas de famílias essas pessoas farão uma prova de seleção interna, segundo a representante a OS IABAS postou em seu SITE a convocação das pessoas que mesmos não escolhidos poderiam fazer a prova.
Após a aprovação no CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE o MINISTÉRIO DA SAÚDE irá transferir a verba para o município, os profissionais técnicos: Médicos, Assistentes Sociais , enfermeiros, Técnicos de Enfermagem, Psicólogo, Terapeuta Ocupacional também participaram de um  processo seletivo interno esses profissionais  também são das  equipes de Saúde da Família, a verba para pagamento dessa equipe é oriunda das CAPS que economizaram durante o ano e começaram o projeto em todo o município pois a verba não poderia ficar na CC até o final do ano com risco de retornar ao tesouro, quando o CONSELHO MUNICIPAL aprovar, o MINISTÉRIO passará o repasse ao município, infelizmente o PSICÓLOGO ainda não foi escolhido, pois alguns não aceitaram, esses pacientes que serão abordados pelos AGENTES SOCIAIS, serão atendidos na Clínica da Família da praça dos Cadetes(praça do canhão), em Realengo, enquanto a Clinica não está sendo inaugurada a equipe está baseada no PAM BANGU.
Segunda a representante da CAP 5.1  em Março acontecerá o I SEMINÁRIO DE POPULAÇÃO DE RUA de Bangu, onde serão convidados parceiros que serão importantes neste projeto, como: Associações  de Moradores, Conselho Distrital de Saúde, Fundação Leão XIII, Conselho Tutelar,  ENTRE OUTROS e após esse seminário, haverá FÓRUNS mensais, no dia 31 de Janeiro na reunião mensal do Conselho Distrital de Saúde de Bangu a coordenadora da CAP 5.1 apresentará o projeto a plenária do conselho para aprovação ou não, nesta reunião está sendo esperado a presença do Vice Prefeito e Secretário de Desenvolvimento Social Adilson Pires.
POR: EDILSON ADAD

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

PEDIDO DE RESPOSTA E ORAÇÃO.

NO MEIO DE UM TIROTEIO, UM PEDIDO DE RESPOSTA E UMA ORAÇÃO

Fico muito feliz quando entro na página do público e vejo que meu blog está sendo visto em vários países, BRASIL, ÍNDIA, JAPÃO, ALEMANHA, CHINA, INDONÉSIA, EUA, PAQUISTÃO, ENTRE OUTROS, através do blog: adadedilson passo algumas realidades que vivemos em nosso Rio de Janeiro na Saúde, Educação, Transportes, Social entre outros, escrevo histórias de pessoas como os moradores de VILA ALIANÇA um conjunto habitacional do governo do Estado do Rio de Janeiro que completa 50 anos de fundação neste mês de Dezembro e é um projeto oriundo do EUA chamado ALIANÇA PARA O PROGRESSO, onde o então presidente JFK dos Estados Unidos com intuito de ajudar países da América Latina enviou verba para reassentar moradores que estavam em área de risco com isso o governo de Carlos Lacerda nos anos 50  começou um processo de desfavelização das FAVELAS da Zona Sul remanejando moradores para VILA ALIANÇA, KENNEDY e CIDADE ALTA em CORDOVIL e depois CIDADE DE DEUS  e foram muitas histórias de mudanças. Neste sentido peço a todos vocês que comentem por favor..., estava na quinta feira a tarde postando este texto na Nave do Conhecimento, Abdias do Nascimento  da Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia do Rio, seria como uma grande Lan House espalhada pelo município do Rio e ela está em Vila Aliança- Bangu quando fomos pegos de surpresa, usuários e funcionários da Nave por um intenso tiroteio em uma incursão policial perto desta Nave, todos saíram da frente da tela dos computadores e durante meia hora ficamos deitados, praticamente em meio ao tiroteio, eis que um projétil atinge a vidraça do prédio e o clima ficou mais tenso, crianças, jovens e adultos a procura de abrigo e no interior de cada uma destas pessoas a angustia aumentava por conta da proposta arquitetônica da Nave do conhecimento que vem a ser em sua maior parte de vidro o blindado foi se afastando do local e tudo ficou bem as mães das crianças começaram a chegar até a Nave para pegar seus filhos o blindado foi se afastando do local e tudo acabou bem. E QUE OS ANJOS DIGAM AMÉM!!!!
SENHOR FAZEI-ME INSTRUMENTO DE VOSSA PAZ.
ONDE HOUVER ÓDIO QUE EU LEVE O AMOR...
POR:EDILSON ADAD

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

AS LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS QUEREM RESPEITO, A COMUNIDADE PEDE RESPEITO.

AS LIDERANÇAS COMUNITÁRIAS QUEREM RESPEITO, A COMUNIDADE PEDE RESPEITO.


ALGUMAS PESSOAS DO GOVERNO ACHAM QUE ESTAMOS BRINCANDO DE FAZER POLITICA COMUNITÁRIAS QUANDO COBRAMOS UMA EDUCAÇÃO, TRANSPORTES, SAÚDE COM QUALIDADE, UMA COMUNIDADE PRECISA DESSA QUALIDADE PARA SUBSISTIR OU SOBREVIVER NESSA SELVA DE PEDRA EM QUE VIVEMOS, COBRAMOS, POIS ESCUTAMOS O POVO QUE RECORRE A NÓS DE ENTIDADES COMUNITÁRIAS PARA RECLAMAR, QUANDO PROCURAMOS AS AUTORIDADES COMPETENTES E COBRAMOS MELHORIAS NOS SERVIÇOS PÚBLICOS É PORQUE O MORADOR JÁ NOS PROCUROU, MAS AS PESSOAS QUE DETÊM A DIREÇÃO DESSES SERVIÇOS FICAM ENTEDIADAS CONOSCO POR CONTA DAS COBRANÇAS E AGORA O QUE FAZER, DEIXAR AS COISAS ACONTECEREM OU PROTESTARMOS PELAS INCOERÊNCIAS QUE EXISTE NO SERVIÇO PÚBLICO, A  COMUNIDADE DE VILA ALIANÇA QUE ESTE ANO COMPLETA 50 ANOS DE FUNDAÇÃO PASSA POR PROBLEMAS SÉRIOS NO SETOR DE SAÚDE, TRANSPORTES E  INFRAESTRUTURA PARA UMA VIDA SAUDÁVEL PARA O NOSSO POVO UM ESGOTO SANITÁRIO QUE HÁ 50 ANOS  NÃO É RENOVADO E ESTÁ TOTALMENTE ASSOREADO E O PIOR QUE NÓS QUE PARTICIPAMOS DE CONSELHOS PRINCIPALMENTE O DA SAÚDE, SOMOS CONVOCADOS PARA APROVARMOS AS VERBAS DO GOVERNO, SEM O NOSSO AVAL NÃO ENTRA NENHUMA VERBA, EU PARTICULARMENTE ACREDITO NO GOVERNO EDUARDO PAES E NO VICE PREFEITO ADILSON PIRES, AGORA ELES TEM QUE SABER QUE ALGUMAS PESSOAS NOMEADAS QUE CARREGAM NA REGIÃO O NOME DO GOVERNO NÃO ESTÃO TRATANDO NOSSA COMUNIDADE COM O DEVIDO RESPEITO E NEM TRATAM AS LIDERANÇAS COM ESSE MESMO RESPEITO ENTÃO VAMOS NEGOCIAR. SERÁ QUE ESTOU ERRADO NAS MINHAS COLOCAÇÕES. NÃO QUERO SER O DONO DA VERDADE.
POR: EDILSON ADAD

domingo, 2 de novembro de 2014

A POETISA DA ZONA OESTE, QUE ENCANTOU O NORDESTE

A POETISA DA ZONA OESTE , QUE ENCANTOU O NORDESTE.

Vivemos na Zona Oeste do Rio de Janeiro, com uma população crescente de aproximadamente  1 Milhão de Habitantes, uma área que é disputada politicamente, aqui se decide uma eleição majoritária, temos aqui os grandes problemas sociais que vai desde a escassez de transportes público coletivo passando pela pouca oferta de médicos especialistas com grande demanda "reprimida" de pacientes, pouca oferta de cultura gratuita para um acesso maior as pessoas mais assalariadas, porém, temos um celeiro de grandes artistas anônimos e famosas como: HERMETO PASCOAL, ANDRE LEONO, LEANDRO LOPES(EX ÍDOLOS) BINHO CULTURA(Idealizador da FLIZO- Feira Literária da Zona Oeste- já entrevistado no programa do Jô Soares), e agora a Poetisa ANDREIA MARTINS, moradora da Zona Oeste  que apresento no blog: adadedilson, ela já tem um livro editado e faz participações em programas da Rede Globo, lançou seu primeiro livro: REFLEXO DA SOLIDÃO na Bienal do Livro em 2013.

Andreia- Eu escrevo desde os 15 anos, mas tudo começou quando eu estava estagiando no DETRO e a coordenadora de estágio sabia que eu escrevia poesias e já tinha lido algumas e me convidou a participar de uma reunião com o Professor Paulo Pimenta Vice Presidente do CIEE, eu fui com ela na reunião e no final ele me perguntou o que eu queria, então eu mostrei minha pasta de poesias a ele que levou para casa para ler, uma semana depois ele disse que esse material foi entregue ao Acadêmico Arnaldo Niskier da Academia Brasileira de Letras(ABL).

adadedilson-Então você teve um grande padrinho no inicio através do diretor do DETRO que chegou até ao Acadêmico Arnaldo Niskier, escritor.

LIVRO: Reflexo da solidão
Andreia- Após isso o Vice Presidente do DETRO Roberto Rischet ficou sabendo do livro e me chamou e disse que conversou com dois empresários que patrocinaram o livro que seria editado e lançado na Bienal do Livro no dia 7 de Setembro de 2013. A editora vende no Site dela e envia para instituições e para concursos, onde estou concorrendo ao prêmio TELECOM Portugal de Literatura, foi para São Paulo e para feiras  de Escolas Estaduais eu visito escolas públicas fazendo palestras para alunos sobre o livro e entreguei meu livro para diversos artistas, fui convidada para está na FLIZO dia 8 de Novembro no PAPO COM LEITOR, na Arena Chacrinha às 19:00 em Pedra de Guaratiba, dia 16/11 na Festa das Culturas na Paróquia Menino Jesus de Praga em Vila aliança, 6/12 em São Paulo e 20/12 no Teatro Mário Lago em Vila Kennedy, as pessoas poderão ter acesso a minha agenda ou comprar meu livro através da minha Fanpage, poetisaandreiamartins eu também lancei Antologia Literária LÂMPADA PARA O CORAÇÃO, com 826 candidatos onde fiquei entre os 96 para lançar este livro, fechei contrato com vários poetas do Rio e Niterói.

adadedilson-Você também está fazendo algum trabalho em televisão.

Andreia- Eu estou fazendo parte da equipe de figuração do programa Zorra Total, eu faço quase todas as gravações ou fico na sala do riso, gravei também pequenas participações na novela Império, eu só estou a um mês nesses trabalhos.

adadedilson-Andréia mora em Santíssimo que é um celeiro de artistas como: Andre Leono, Marcos Lírio, entre outros, na Zona Oeste há pessoas boas que desejam brilhar de forma digna e espero que consiga um patamar no mundo literário do estado e quem sabe do Brasil, agora que o Brasil  está sendo visto pelo mundo todo por conta das Olimpíadas do Rio.

Grupo de Teatro ENTRANDO EM CENA , de VARJOTA , CEARÁ
Andréia- Meu livro já ultrapassou fronteiras e já foi até o Nordeste em uma cidade do Ceará chamada VARJOTA eu conheci o Naldo Araújo que tem um grupo de Teatro com crianças, esse contato foi através da INTERNET, ele CURTIA meus trabalhos e me apresentou a elas através de fotos eu me apaixonei pelas crianças desse grupo de Teatro que chama-se ENTRANDO EM CENA, e resolvi enviar alguns exemplares desse meu livro para eles e até hoje ´é aquela paixão que elas tem por mim, elas fazem espetáculos patrocinado pela prefeitura , já ganharam prêmios e no espetáculo QUARTO DE LUIZA uma poesia minha foi adaptada ao  texto e também fizeram um evento só de poesias minhas para toda a região minha vó mora lá  e foi assistir e disse que ficou muito emocionada e com certeza em 2015 estarei lá para visitar essas crianças.

adadedilson- Bem Andréia você então está sendo um exemplo para essas crianças, então, com certeza você é referência para elas então você deve ir lá mesmos, todos estão convidados para conversar com a Poetisa Andréia Martins no dia 8 de Novembro no PAPO COM LEITOR na FLIZO em Guaratiba e no dia 16 de Novembro na Festa das Culturas na Paróquia Menino Jesus de Praga em Vila Aliança. Obrigado e muito SUCESSO para você.


Andreia Martins e Edilson Adad





















POR: EDILSON ADAD

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

A ALUNA QUE "VIROU" DIRETORA

 DIRETORA DECLARA AMOR PARA A ESCOLA E COMUNIDADE.

Professora Silvânia Lima de Castro Saraiva, atual diretora da EM Ruben Berta, fala de sua chegada à escola no inicio dos anos 70 como aluna e, logo em seguida assumindo funções e atualmente no seu 10º mandato. Como diretora geral, diz que a EM RUBEN BERTA está em seu coração e chegou a dar aula de Inglês com a estrutura do curso CCAA, onde também era professora.Ela diz que chegou à escola no ano de sua fundação, 1970.¨Eu vim através de um concurso de admissão para o 1º ano ginasial e fui convidada, pelo professor Almir Silva, que na época também veio dirigir a escola, tendo como vice-diretor o Prof Cid Vieira Cortez. Eu morava próximo ao campo do Bangu. Muitos outros alunos vinham de Bangu, Senador Camará e adjacências. O nome da escola era UNIDADE INTEGRADA RUBEN BERTA. Era uma escola muito boa, havia as matérias de Técnicas Agrícolas, Técnicas Comerciais e Educação para o Lar. Era uma escola viva, cheia de atividades e bem dirigida. Passei 4 anos do meu ginásio aqui. Sempre fui aluna das turmas UM, 101, 201. No meio do curso, houve a implantação da Lei 5.692, e com ela, a criação do Ensino Fundamental. A primeira turma da antiga 8ª série a se formar na Escola Ruben Berta foi a minha.  Revendo meus arquivos, sempre fui uma aluna estudiosa e aplicada. No Ensino Médio, fiz o curso normal no Istituto de Educação Sara Kubistheck. Os professores que marcaram minha vida na Rubem Berta  foram os professores Gutemberg e Anfilóquio(matemática), Décio(dono da escola Novo Mundo), Linéa e Marcos Vinicius( ambos de Geografia), Maria do Carmo( Inglês)  e professora Miriam que na época era professora de Francês, tendo sido  a paraninfa da minha turma na formatura. Tínhamos na escola festivais de Música, Garota Primavera e Danças Folclóricas e, muitas vezes, a escola se apresentava fora. Era uma escola bem estruturada e de ensino de ótima qualidade. Já como professora da rede, fui convidada pelo professor Almir para, além de professora, ser Coordenadora de Turno, juntamente com sua esposa D. Vanda. Eu também dava aula de Inglês em uma sala ambiente,  toda estruturada e havia um convênio com o curso CCAA, que enviava materiais  para serem  utilizados na escola. Além de ser professora do Município do Rio de Janeiro, eu também era professora de Inglês no CCAA. Nesta altura, precisei tirar licença sem vencimentos durante um ano. Quando retornei, não havia mais vaga na Ruben Berta, e, assim, fui trabalhar em outra escola da região, voltando para a Ruben Berta no ano seguinte. Após a aposentadoria do professor Almir Silva, fui convidada pelo falecido professor Fernando para participar de uma chapa na eleição de Diretores, como 2ª adjunta. A Direção era constituída por 1 diretor geral e 2 adjuntas.  A 1ª adjunta era a professora Rita de Cássia Vieira Lopes. Vencemos a eleição. Era o ano  de 1995. Desde então, estou na Direção da escola, primeiramente como Adjunta e depois como Diretora Geral. Fui, também, Diretora Adjunta com a Prof Rita. Depois do seu segundo mandato, trocamos de posições e eu vim candidata à Diretora Geral. Ganhamos mais uma eleição. E foi assim, que já trabalho nessa escola há trinta anos! Muitas coisas mudaram de lá para cá. Hoje temos um grupo muito bom, com professores comprometidos e que gostam da comunidade mas também muitos problemas a serem resolvidos. Acho que a comunidade está mais participativa. Temos o projeto ESCOLA ABERTA, que há 8 anos funciona nos finais de semana, para que as pessoas das comunidades façam cursos de Artesanato, Danças, Capoeira, Esportes, etc, o que aproxima a comunidade da escola. Antigamente a escola era muito fechada para a comunidade. A Associação de Moradores está mais presente, através do Edilson Adad, que é seu representante no CEC( Conselho Escola Comunidade), e faz o link da entidade com a escola, sendo também  o coordenador do ESCOLA ABERTA e já tendo sido  do MAIS EDUCAÇÃO. Outra parceria que traz muitos benefícios para a escola é com a NAVE DO CONHECIMENTO, coordenada por uma ex-aluna da escola, Marise Fonseca. Atualmente, temos uma participação mais responsável da comunidade. Quando era aluna,  não tinha conhecimento de como era essa participação, pois morava em Bangu. Meu pai tinha uma Veraneio e  vínhamos de Bangu pegando todos os meus colegas de turma para trazer para a Vila Aliança. A Veraneio vinha cheia de alunos. Era uma grande diversão. Na saída, eu pegava ônibus na rua Doutor Augusto Figueiredo para ir embora, então eu não sabia como era a participação da comunidade.Tenho com a Escola Municipal Ruben Berta uma ligação de trinta e quatro anos, quatro como aluna e trinta como professora, e uma história de muita dedicação, estudo, trabalho, aprendizado e amor." 
(As informações são de responsabilidade da homenageada, bem como as fotos foram autorizadas pela mesma.)
Segundo, da  esquerda para a direita,  professor Cid Vieira Cortêz . A segunda aluna da direita, professora Silvânia. O segundo à direita, Professor Almir Silva
POR: EDILSON ADAD